A Compulsão do Chamado

A Compulsão do Chamado

“Ai de mim, se não pregar o evangelho?”  (1 Coríntios 9.16)

Devemos ter o cuidado de não tapar os ouvidos quando Deus nos chama! Todas as pessoas salvas em Jesus Cristo, são chamadas a dar testemunho pessoal dessa salvação; não se trata apenas de ser enviado a pregar o evangelho, mas sim, ser uma demonstração pratica dessa salvação.

É necessário colocar em contato as vidas de outras pessoas com a salvação representada em nossa vida cotidiana. A salvação é uma obra soberana feita exclusivamente por Deus – “Olhai para mim e sede salvos, vós, todos os limites da Terra; porque eu sou Deus, e não há outro. ” (Isaías 45.22).

A salvação vem somente através da cruz de Jesus Cristo, já o discipulado traz consigo apenas uma opção a mais: “Se alguém quer vir após Mim…” Essas palavras de Jesus têm como objetivo nos levar a sermos seus servos e a segui-Lo por onde Ele desejar.

E, se realmente somos seus servos, entenderemos facilmente que Deus sempre decidirá por Si mesmo o que devemos fazer e também onde iremos testemunhar de Sua vida. Deus faz de nós conforme o Seu agrado.

Ser “separado para o evangelho” significa ouvir o chamamento de Deus; e responder ao mesmo, feito isso, instantaneamente passamos a viver a verdadeiramente vida que Ele nos proporcionou através de Cristo. Nesse momento, todas as nossas ambições pessoais são logo extintas; então começamos a testemunhar esse evangelho de amor e doação para o qual fomos salvos – “…e sereis minhas testemunhas…” (Atos 1.8).

O objetivo desta pastoral, é levá-los a descobrir que Deus procura homens e mulheres para pregarem Seu evangelho através do testemunho de vida pessoal, e a verem que o Senhor Deus tem sim, Sua mão firme sobre suas vidas, protegendo-os e não permitindo que o Maligno lhes toque (1 João 5.18). Depois que ouvirmos a esse chamado, nunca mais ouviremos vozes concorrentes!

No amor do Amado;

Pr. Marques

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *