O processo da Maturidade (Parte 2 – Nós em Deus)

O grande problema atualmente é a Imaturidade Espiritual, muitos cristãos ainda não puderem compreender que é necessário um amadurecimento na vida cristã. Como já falamos, este amadurecimento vem unicamente e exclusivamente de Deus, operando através de seu filho Jesus Cristo e por intermédio do Espírito Santo em nós.

Devemos entender que depois que Deus inicia o processo de maturidade em nós (Aperfeiçoar, Confirmar, Fortificar e Fundamentar), não podemos ficar de braços cruzados, pelo contrário, temos alguns deveres em relação a nossa fé que veremos mais a frente.

Muitos cristãos por serem imaturos, estão sendo enganados, extorquidos e também agindo de forma contrária a palavra de Deus, trazendo muitas vezes escândalo, ao invés, de glorificarem a Deus por meio de suas vidas.

Veja o que o Apóstolo Pedro escreveu, lembre-se que neste momento vemos um homem maduro espiritualmente, orientando a igreja de Cristo.

Assim como, no meio do povo, surgiram falsos profetas, assim também haverá entre vós falsos mestres, os quais introduzirão, dissimuladamente, heresias destruidoras, até ao ponto de renegarem o Soberano Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina destruição. E muitos seguirão as suas práticas libertinas, e, por causa deles, será infamado o caminho da verdade; também, movidos por avareza, farão comércio de vós, com palavras fictícias; para eles o juízo lavrado há longo tempo não tarda, e a sua destruição não dorme. 2 Pedro 2:1-3

Especialmente aqueles que, seguindo a carne, andam em imundas paixões e menosprezam qualquer governo. Atrevidos, arrogantes, não temem difamar autoridades superiores, ao passo que anjos, embora maiores em força e poder, não proferem contra elas juízo infamante na presença do Senhor. 2 Pedro 2:10,11

Para mantermos uma vida de maturidade espiritual, devemos manter em primeiro lugar nossa fé em Cristo, pois sem fé é impossível agradar a Deus.

Veja a orientação do Apóstolo Pedro para manter uma maturidade espiritual:

Visto como, pelo seu divino poder, nos têm sido doadas todas as coisas que conduzem à vida e à piedade, pelo conhecimento completo daquele que nos chamou para a sua própria glória e virtude, pelas quais nos têm sido doadas as suas preciosas e mui grandes promessas, para que por elas vos torneis coparticipantes da natureza divina, livrando-vos da corrupção das paixões que há no mundo, por isso mesmo, vós, reunindo toda a vossa diligência, associai com a vossa fé a virtude; com a virtude, o conhecimento; com o conhecimento, o domínio próprio; com o domínio próprio, a perseverança; com a perseverança, a piedade; com a piedade, a fraternidade; com a fraternidade, o amor.

A palavra chave é associai com a vossa fé, precisamos associar (fornecer) a nossa fé as seguintes coisas:

Virtude: uma conduta moral de pensamento, sentimento e ação

Conhecimento: entendimento das coisas de Deus.

Dominio Próprio: auto controle (virtude de alguém que domina seus desejos e paixões, esp. seus apetites sensuais).

Perseverança: característica da pessoa persiste,  que não se desvia de seu propósito e de sua lealdade à fé e piedade mesmo diante das maiores provações e sofrimentos,  pacientemente, firmemente.

Piedade: reverência, respeito, fidelidade a Deus.

Fraternidade: amor de irmãos ou irmãs, amor fraterno, o amor que cristãos cultivam uns pelos outros como irmãos.

Amor: amor fraterno, de irmão, afeição, boa vontade, amor, benevolência.

Se associarmos todas essas coisas a nossa fé, manteremos uma vida de maturidade espiritual, não seremos inativos e nem infrutuosos, viveremos a plenitude do conhecimento de Cristo.

Evitaremos de tropeçar (pecar contra Deus) e teremos amplamente suprida nossa entrada no Reino de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.

Porque estas coisas, existindo em vós e em vós aumentando, fazem com que não sejais nem inativos, nem infrutuosos no pleno conhecimento de nosso Senhor Jesus Cristo. Pois aquele a quem estas coisas não estão presentes é cego, vendo só o que está perto, esquecido da purificação dos seus pecados de outrora. Por isso, irmãos, procurai, com diligência cada vez maior, confirmar a vossa vocação e eleição; porquanto, procedendo assim, não tropeçareis em tempo algum. Pois desta maneira é que vos será amplamente suprida a entrada no reino eterno de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. 2 Pedro 1:3-11

Que possamos viver tempos de maturidade espiritual, até a vinda de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.

Em Cristo,

Pastor Flavio Damiano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *